Participação ao vivo com ouvinte

Participação ao vivo com ouvinte

Participação ao vivo

Participação ao vivo

participação ao vivo

Aparentemente fácil, a interação com o ouvinte esconde armadilhas e truques. Mas o profissional que se prepara, como sempre, pode evitar todos os possíveis inconvenientes e dar sempre a impressão de ter os melhores ouvintes. Não é mágica, basta apenas seguir alguns passos.

01) O ouvinte é tudo

Trate-o com respeito e atenção, pois sua existência como profissional do rádio depende da audiência que ele te dá. Muitas vezes o seu ouvinte encontra linhas ocupadas e não desiste, tenta por dias seguidos até falar com você: Este é um momento importante para ele. Uma boa participação vai ficar na sua memória talvez para sempre. Isso é importante se um dia alguém perguntar qual rádio ele ouve, não acha?

02) Converse antes de entrar no ar

Esse é o principal erro dos locutores. Plugar o ouvinte na mesa sem conhecê-lo. A receita perfeita para cair em numa saia justa. Muitas vezes ouvimos locutores perdidos no ar porque não houve uma interação prévia com o participante.

03) “Molde” a participação

Conhecer o ouvinte é a melhor estratégia para uma participação perfeita no ar. Uma pequena conversa de menos de 1 minuto é o suficiente. Você vai saber se ele(a) está feliz ou triste e usar isso quando ligar o microfone. Diga o que ele tem que falar, sem cerimônias.

04) Nada de trocar prêmios

É muito feio você presentear o ouvinte no ar, e receber um: ” Ah não, queria outra coisa!” Para fugir desse constrangimento, converse com o ouvinte antes de entrar no ar.

05) Fora baixo astral!

Todo locutor já passou por isso. Você abre o microfone todo animado e encontra do outro lado da linha um muro de desânimo. Ouvintes monossilábicos com repostas de “sim” e “não” são um banho de água fria. Peça para a telefonista fazer uma triagem, caso observe o desânimo ou a falta de diálogo, nem passe para entrar on line.

06) Evite o “fã clube”

Tem aqueles ouvintes que vestem a camisa da rádio. Sabem até quando você está de bom ou mal humor no dia. Interagem muito bem com você no ar. São ótimos. Mas evite-os. Dão a impressão que você tem apenas aqueles 3 ou 4 ouvintes que sempre participam e desestimulam outros a tentarem falar com você, já que são sempre as mesmas “pessoinhas” que ganham prêmios.

07) Teste o volume

Ao conversar com ouvinte antes de entrar no ar você deve prestar atenção se a qualidade da ligação está boa e se o ouvinte te ouve pelo telefone apenas. Caso tenha um amigo do participante colado no rádio, peça para que ele não aumente o volume. Sempre, lembre-se, sempre combine tudo antes.

08) Ouvinte profissional

Infelizmente é recorrente no rádio. Pessoas que só querem prêmios. Evite esse tipo de ouvinte a todo custo. Ele não tem fidelidade com você e nem com a sua rádio.

09) Seja um aliado da sua telefonista

Essa atitude é mais do que fundamental. Se você tem uma telefonista no seu horário, ela é seu braço direito. Integre-a à seu time, afinal, vocês formam uma equipe! Uma telefonista despreparada, que trata maltrata os ouvintes é o primeiro passo para o fracasso do seu horário.  Ela é o seu escudeiro, o primeiro contato do ouvinte com a emissora. Essa é a profissional que vai filtrar os melhores ouvintes para você. VALORIZE-A!

10) Nem pensar em participações longas

Quanto menor a participação, menos provável que algo dê errado. Tem locutor que faz participação de  2 minutos! Acredite, 20 segundos é o suficiente. Mais do que isso não há quem aguente. Pare de chover no molhado.

Então é isso, boa sorte e boa programação.

Deixe uma resposta