fbpx
CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Tags: ,

”É possível que haja algum apagão”, diz Hamilton Mourão

Compartilhar

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou que será preciso garantir uma produção adicional de energia elétrica

Por causa da crise hídrica no qual o Brasil vem passando, a população está com medo de um apagão geral em todo o país. De acordo com o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, essa possibilidade é real em 2021. Ele revelou que o Governo Federal comissão para acompanhar a situação da energia elétrica. No entanto, afirmou também que a maior parte da água utilizada vai justamente para o setor agropecuária.

Apesar dos problemas nas hidroelétricas, o vice-presidente defendeu que as as medidas necessárias têm sido tomadas para amenizar as consequências de um apagão na energia elétrica.

“É possível que haja algum apagão, como o ministro (Bento Albuquerque) falou. Vamos torcer para que a matriz hidroelétrica do Brasil não entre em colapso. O que eu tenho acompanhado é que o governo tomou as medidas necessárias, criou uma comissão para acompanhar e tomar as decisões a tempo e a hora no sentido de impedir que ocorra isso aí que você [repórter] colocou, que haja apagão. Agora, pode ser que tenha que ocorrer algum racionamento. O próprio ministro [de Minas e Energia] falou isso”, declarou o vice-presidente.

Consumo de água

Ainda segundo Hamilton Mourão, uma campanha de redução do consumo da água está prevista para começar neste mês de setembro. “Se [a equipe técnica] não tomou uma medida mais rígida antes, foi porque avaliaram que não era o caso. O consumo humano é a menor parte, então tem que haver uma dosagem disso aí. Vejo que é algo que devemos enfrentar nos próximos anos se não houver uma recuperação plena dos nossos reservatórios”, completou.

“O nosso sistema termoelétrico é muito hidroelétrico, o que significa que depende de água. Se o sistema não gera água, não tem chuvas, esses reservatórios ficam vazios e no período em que não é para chover não vai chover. Então, você tem que prever algum tipo de medida”, explicou o ex-ministro de Minas e Energia, José Jorge.

Conta de luz mais cara

Com a criação de uma nova bandeira tarifária, chamada de ‘escassez hídrica’, a conta de luz vai aumentar a partir desta quarta-feira (01 de setembro) e seguirá até 30 de abril de 2022. O valor sobe de R$ 9,49 para R$ 14,20. Ou seja, a cada 100 kWh de energia consumida, vai ser cobrado o valor extra citado. O número da bandeira tarifária representa um aumento de 49,6% e a conta de luz aumenta 6,78% para os brasileiros. Segundo o Governo Federal, o objetivo é estimular a redução do consumo de energia elétrica em todo o Brasil.

Fonte: radiojornal.ne10.uol.com.br

Tags::

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Curso
Criando sua rádio web do zero

LANÇAMENTO
50% OFF

SABER MAIS
close-link