fbpx
CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Notícias de última hora

Compartilhar

Notícias de última hora relata que ONU alerta para maior crise desde a Segunda Guerra Mundial. Espanha supera 100.000 infectados pelo coronavírus e registra mais de 800 mortes pelo quinto dia consecutivo. Itália prorroga até 13 de abril a quarentena. As últimas notícias da crise da Covid-19.

A pandemia de Covid-19 fez a Itália prorrogar por mais dez dias, até 13 de abril, as medidas de isolamento social. Já na Itália, o novo coronavírus matou mais de 12.500 pessoas. Na Espanha registrou pelo quinto dia consecutivo mais de 800 mortes, e ultrapassou a marca de 100.000 infectados pelo vírus Sars-Cov-2.

Porém, nesta quarta-feira, o Secretário-Geral da ONU, António Guterres, disse que a crise do coronavírus é o maior desafio da humanidade desde a Segunda Guerra Mundial, tanto pela ameaça às vidas quanto pelas consequências à economia mundial.
Nos Estados Unidos, as autoridades calculam em pelo menos 100.000 o número de mortes a serem causadas pelo vírus. No Brasil, 201 pessoas já morreram. São Paulo é o Estado com o maior número de vítimas, mas paira a suspeita de que os casos estão subnotificados. Em pronunciamento, o presidente Jair Bolsonaro amenizou o tom que vinha usando para tratar da questão, mas não chegou a defender a política de isolamento social defendida pelo Ministério da Saúde.

Os destaques sobre a crise do coronavírus

  • ONU: Coronavírus é a crise mais grave que o mundo enfrenta desde a 2ª Guerra.
  • Mundo: 873.000 infectados, 43.000 mortes e 184.000 curados.
  • 49 de 55 países da África registraram casos de coronavírus.
  • Covid-19 faz Ibovespa despencar 30% em março, pior resultado em mais de 20 anos.
  • Itália prorrogará medidas de contenção até 13 de abril.
  • Espanha ultrapassa 100.000 infectados e registra mais de 800 mortes pelo quinto dia consecutivo.

Fonte: https://brasil.elpais.com/

Editado por Lilian Lima

Tags::

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Próximo