fbpx
CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Criança que nasceu em 29 de fevereiro comemora aniversário pela primeira vez

Compartilhar

A Criança Elias Correia nasceu saudável em meio ao surto de microcefalia causado pelo vírus da zika em 2016. A mãe dele teve chikungunya no quinto mês da gestação.

Há quatro anos, em 29 de fevereiro de 2016, um ano bissexto, a empresária Alexsandra Maria dos Santos estava bem preocupada com o nascimento do filho. É que ela teve que passar por um parto de emergência no oitavo mês de gestação. Alexsandra, que teve chikungunya aos cinco meses de gravidez, esperava Elias para o fim de março. Neste ano, a Criança vai comemorar o aniversário pela primeira vez.

Elias Correia, que completa 4 anos neste 29 de fevereiro, nasceu saudável mesmo a mãe dele tendo entrado para a lista dos quase 2 milhões de casos de arboviroses registradas no Brasil em 2016. As três principais doenças transmitidas pelo Aedes aegypti provocaram 846 mortes naquele ano. Além disso, o vírus da zika, que é uma destas doenças, teve relação confirmada pelo Ministério da Saúde com a microcefalia registrada em bebês nascidos entre 2015 e 2016.


Devido ao alto número de arboviroses e de microcefalia relacionada ao vírus da zika registradas no Nordeste do país, Alexsandra, que mora em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, contou que usou “muito repelente, calça longa e camisa de manga” durante a gravidez.

Zika vírus

“Graças a Deus meu filho não teve sequelas [devido à doença que ela teve]. No entanto, ele teve uma uma parada cardíaca após o nascimento e foi direto para a UTI. Aconteceu um milagre, ele sobreviveu e com o tempo eu consegui me tranquilizar”, disse a mãe da Criança Elias.

Por causa da data de nascimento, que só aparece no calendário de quatro em quatro anos, o pai de Elias tentou colocar no registro do filho que ele tinha nascido em outro dia, mas não conseguiu. “Eu fui no cartório, expliquei a situação, mas me disseram que não seria possível por causa de uma nova lei, que não permitia mudar a data”, lembrou o empresário Elias de Jesus.

Elias Correia cresceu feliz e saudável, mas para o pai, se o filho está registrado no dia 29 de fevereiro, o aniversário só deve ser comemorado de quatro em quatro anos. Ou seja, a primeira festa de Elias vai ser em 2020. “Ele [o garoto] está muito feliz e empolgado em saber que essa será a primeira festa com a presença dos colegas, já que o pai nunca quis celebrar em outra data”, contou Alexsandra. “Vai ser uma festa de arromba”, brincou o pai.

O profissional de Educação Física Edilson Silva Júnior nasceu no mesmo dia que Elias, só que 20 anos antes, em 1996. Sendo assim, em anos normais ele comemora o aniversário no dia 1º de março, em anos bissextos, na data de nascimento.

O engraçado é quando Edilson precisa fazer cadastro em algum tipo de sistema, como em uma rede social, por exemplo. “Eu tenho que colocar 28 de fevereiro ou 1º de março. Dia 29 de fevereiro o sistema não aceita”, contou.

Ano bissexto

O ano bissexto foi adotado cerca de 50 anos antes de Cristo, mas a escolha do dia 29 de fevereiro surgir a cada quatro anos só passou a vigorar em 1582, com o calendário gregoriano.

“O movimento de translação, que é o movimento que a Terra faz em torno do sol, é como um calendário. Nós falamos que são 365 dias um Ano , mas na verdade são 365 dias, 5 horas e 48 minutos o Ano. Quando arredondamos para 365 dias e 6 horas, e multiplicamos essas 6 horas por 4, chegamos às 24 horas. Então, a cada quatro anos acumulando 6 horas corresponde a um dia”, explicou o professor de geografia Cleyton Cavalcante.


Tags::

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Próximo