4 de maio de 2020

Jair Bolsonaro nomeia Rolando Alexandre de Souza para a direção da PF

O presidente Jair Bolsonaro nomeou Rolando Alexandre de Souza para a direção da Polícia Federal. Rolando Alexandre de Souza já foi superintendente da PF em Alagoas e atualmente era o número dois da Agência Brasileira de Inteligência e ligado a Alexandre Ramagem, que era o nome preferido do presidente para ocupar a Direção Geral da Polícia Federal. Ramagem foi impedido pelo Ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal de assumir o cargo por causa da proximidade com a família de Bolsonaro. Ramagem continua no comando da Abin. Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.

Petrobras bate recorde de exportação de petróleo em abril

O mês de abril foi de recorde para a Petrobras que conseguiu exportar 30 milhões de barris de petróleo, a marca supera o segundo maior volume que era de 770 mil barris. Segundo a empresa, as novas especificações mundiais para o combustível marítimo com menor teor de enxofre ajudaram na valorização do petróleo brasileiro. A China foi o principal destino da produção da Petrobras.

Vacina contra o coronavírus pode estar disponível para distribuição em setembro

Cientistas do mundo inteiro estão mobilizados pra produzir, e em tempo recorde, uma vacina contra o covid-19. A boa notícia é que pelo menos uma dessas vacinas, pode estar disponível no mercado daqui há 4 meses. Vemos pelo mundo uma corrida contra o relógio, desenvolver uma vacina e conseguir para uso em humano leva no mínimo 10 anos, mas em meio a pandemia do novo coronavírus, os cientistas e as autoridades sabem que não tem esse tempo.

A covid-19 avança rápido, já são mais de 3 milhões de infectados em todo o mundo e mais de 240 mil mortos. Por isso, pesquisadores se lançaram em várias frentes diferentes pra buscar uma fórmula de imunizar a população o mais rápido possível.

Segundo a organização da saúde, 102 pesquisas estão em desenvolvimento, inclusive no Brasil. Elas começam com estudos feitos em laboratórios com amostras de célula e cobaias. Depois, segue para os chamados, testes clínicos com a vacina administradas em voluntários humanos para se ter a segurança e a eficácias confirmadas. Já são 8 pesquisas na fase mais avançada, 2 delas são realizadas nos Estados Unidos. A que está mais desenvolvida é a dos Instituo nacional de Saúde e da empresa de biotecnologia moderna, os testes clínicos começaram no dia 16/03/2020. A outra é a pesquisa é de uma farmacêutica onde 49 voluntários serão testados.

Aguardem para mais notícias.

Social Media

MAIS VISTOS

Receba as últimas atualizações

Assine nossa newsletter semanal

Sem spam, notificações apenas sobre novas postagens e ofertas

DOWNLOADS

Categorias