Por que ter um blog? Veja 5 motivos que vão te convencer

14 de agosto de 2021

Você vê tantas postagens pela internet e fica se perguntando por que criar um blog? Essa é uma dúvida comum às pessoas que estão iniciando no marketing digital e que desejam mais visibilidade para a sua imagem ou para o seu negócio.

Ao longo deste post, você verá que o blog é uma estratégia que pode ser utilizada tanto para empresas quanto para projetos pessoais, podendo trazer retorno para ambas as possibilidades. E o mais interessante: o blog não exige grandes investimentos para que você dê início ao projeto e desenvolva um trabalho para alcançar os seus objetivos.

Por que ter um blog?

De acordo com a pesquisa Content Trends de 2016, 61,7% das empresas no Brasil publicam posts em blog por acreditarem que seja uma boa estratégia.

O mesmo estudo aponta que as empresas que utilizam essa prática aumentam em 3,7 vezes o número de visitas do site quando comparadas àquelas que não possuem um blog.

Mas, na prática, por que ter um blog?

1. Aumento da sua visibilidade

Quando você cria um blog, é importante que você pense na divulgação. Isso pode ser feito de diversas formas, como:

  • anúncios no Google AdWords;
  • email marketing;
  • posicionamento nas buscas orgânicas do Google;
  • redes sociais;
  • entre outras possibilidades.

Assim, quanto mais os seus artigos forem vistos, mais pessoas conhecerão você e a sua empresa.

O melhor de tudo isso, é que você será conhecido por algo de valor, ou seja, por fornecer informações úteis ao seu público.

2. Baixo custo para início do projeto

Se você não tem um investimento para começar o seu blog, fique tranquilo: não é preciso de muito.

Existem plataformas gratuitas e de fácil gerenciamento que você mesmo pode começar a usar de forma bastante intuitiva. Uma delas é a WordPress — inclusive, uma das mais utilizadas no ramo atualmente.

Se você mesmo produz o seu conteúdo, então não terá gastos com outro profissional. E a divulgação também pode ser feita de forma gratuita nas redes sociais.

No entanto, se sobrar um dinheirinho, vale a pena fazer um impulsionamento do post na sua fanpage para atingir maior alcance de público segmentado.

3. Aumento da cartela de clientes e de seguidores

Quando a sua empresa ganha mais visibilidade — principalmente de pessoas que se interessam pelo conteúdo do seu blog —, consequentemente você também consegue aumentar a sua cartela de clientes e de seguidores das suas dicas e dos seus tutoriais.

Isso acontece porque essas pessoas que visitam o seu blog estão interessadas exatamente naquilo que você oferece.

Quando você oferece um esclarecimento às principais dúvidas, cria uma relação de gratidão, e elas se sentem mais propensas a fecharem negócio com você, que as ajudou.

4. Possibilidade de gerar renda

Falamos sobre aumentar a sua cartela de cliente. E é claro que isso já é uma geração de renda. Mas há outras formas, principalmente para quem trabalha o blog como um projeto pessoal.

Tome como exemplo as blogueiras de beleza que citamos. E isso acontece não só no ramo de beleza, mas de diversos segmentos, como:

  • educação e ensino;
  • gastronomia;
  • viagem;
  • entre outros.

Quando você possui um alto número de acessos diários no seu blog, você pode se cadastrar no Google AdSense e vender espaços publicitários na sua página para empresas que queiram divulgar produtos ou serviços que tenham relação com o seu conteúdo.

Assim, os anúncios ficam visíveis e, a cada clique que eles recebem, você ganha uma porcentagem do que o anunciante paga ao Google.

Outra forma é fazer os chamados publieditoriais, conteúdos que você produz divulgando uma marca ou produto específico. No entanto, ele não tem aquele caráter direto de anúncio.

Por exemplo: você tem um blog de viagem com muitos acessos e um hotel acerta um pagamento em troca de um publieditorial. Nesse caso, você poderia fazer uma publicação mostrando o hotel, as qualidades e falando da sua experiência como hóspede.

Veja bem: você vai publicar a sua experiência diante dos serviços da empresa. Mas atenção, é importante — e ético — que você deixe claro que se trata de um publieditorial.

5. Relacionamento com o seu público

Se você já tem uma boa cartela de clientes, por que ter um blog? Porque é importante que você se relacione com os seus consumidores e favoreça o processo de fidelização.

Enquanto os clientes acompanham os conteúdos do seu blog, você está na mente deles. E, quando chegar o momento de decisão de compra, é da sua empresa que eles vão se lembrar.

O mesmo vale para blog de projetos pessoais: enquanto você alimenta o seu público com informações de valor, sempre terá muitos acessos nas suas páginas.

Fonte: rockcontent.com

Social Media

MAIS VISTOS

Receba as últimas atualizações

Assine nossa newsletter semanal

Sem spam, notificações apenas sobre novas postagens e ofertas

DOWNLOADS

Categorias