fbpx
CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Tags: ,

Como especialistas montam programas de rádio?

Compartilhar

Ter um programa de rádio é o sonho de muita gente. Seja para falar sobre música, notícias ou fofocas, o veículo é democrático e conversa com ouvintes de várias regiões do país. Ele impacta desde pessoas que não puderam estudar até mestres e doutores. Apesar disso, não adianta ter um espaço em uma rádio se não souber como organizar seu programa, não é mesmo?

Se você quer ter um programa de rádio e não sabe por onde começar, confira as melhores dicas sobre o assunto!

Escolha um tema

Esse é o ponto de partida para qualquer programa de rádio. Não há como montá-lo sem ter certeza de qual segmento ele fará parte. Será um programa religioso, de notícias ou de entretenimento?

A partir dessa decisão, você vai descobrir qual a abordagem que dará sobre os assuntos, as pautas que serão criadas, se há necessidade de músicas, se será ao vivo ou gravado e qual é o número ideal de apresentadores.

Inove na sua programação

Muitos fãs do rádio que querem se aventurar como produtores de conteúdo têm como fonte de inspiração os grandes nomes brasileiros do veículo. É interessante que você os ouça, já que têm um público fiel por tanto tempo.

Porém, não fique apenas em um programa: ouça vários que lidem com o mesmo tema. Assim, você terá um leque de opções sobre como abordá-lo.

Apesar das inspirações, é importante inovar. Seu público precisa ter um motivo para ouvir o programa, algo que só ele tenha. Seja o estilo musical, a abordagem divertida ou o carisma dos apresentadores, faça algo único e que marque a transmissão.

Pense em seu público

Por mais abrangente que seja o veículo, cada programa deve ter um público-alvo. Ele é formado por ouvintes que se interessam e que vão acompanhar o assunto na hora marcada.

Você deseja falar para um público masculino, feminino ou misto? Mais jovem ou de meia-idade? Como ele costuma passar as horas de lazer? Quais são seus principais interesses?

Lembre-se, também, de pensar no horário. O ouvinte da madrugada não costuma ser o mesmo que o da manhã, e seus interesses também se divergem.

Aborde assuntos interessantes

O programa é seu, mas não sobre sua vida. Atente-se ao falar apenas sobre o que é de real interesse de seu público. Faça uma boa pesquisa, descubra quais assuntos têm a ver com seu tema e ouvinte e se mantenha bem informado para ter um programa sempre atual.

Não abra mão da interação com seu ouvinte. Deixe telefone, e-mail e redes sociais disponíveis para que ele opine, responda enquetes e contribua de outras formas.

Decida a linguagem

Assim que decidir o tema e o público, escolha o tom de seu programa. Ele é um noticiário mais leve ou um programa estilo policial? A abordagem e o tema estão totalmente ligados.

A informalidade é uma marca do rádio, pois ela conversa melhor com a audiência. De qualquer forma, você deve tomar cuidado para não ultrapassar o limite, já que ainda se trata de um veículo de comunicação.

Se seu programa for de variedades, a linguagem deve ser mais leve, com gírias e expressões populares. Já um noticiário pede um tom mais formal, enquanto um programa de jornalismo esportivo pede um meio-termo.

Segundo o Manual de Radiojornalismo da Universidade Metodista de Piracicaba, a linguagem de seu programa deve ser a mais clara possível, justamente porque o rádio é um veículo muito abrangente e alcança públicos de diversas classes sociais.

Além disso, provavelmente o ouvinte estará ocupado com outra tarefa enquanto ouve seu programa. Portanto, não conte com a “dedução” que ele fará sobre o assunto, e sim com o entendimento rápido da notícia

Ouça podcasts

Os podcasts lembram muito os programas de rádio, embora sua produção seja mais simples na maioria dos casos. No entanto, muitos deles têm se destacado pelo conteúdo de qualidade e a abordagem descontraída, mesmo em pautas mais sérias.

Veja como os apresentadores falam sobre os assuntos de seu interesse. Eles provavelmente tratarão de uma forma mais moderna.

Mas não se esqueça de que esse tipo de programa lida com um público voltado para a internet. Se seu programa não for transmitido por uma web rádio, adapte a linguagem.

Faça um script

O script é o roteiro, com todas as músicas, atrações e informações que estarão presentes na edição. Por meio dele, o programa fica organizado e profissional, o locutor não corre risco de sofrer brancos enquanto está no ar e a rádio consegue cumprir seus compromissos com patrocinadores.

É importante que o script apresente todos os detalhes do programa, inclusive o tempo de cada música, matéria e chamada. Assim, não há atrasos na volta da fala do apresentador.

Elabore a lauda

A lauda é o papel no qual estará escrito todo o texto do locutor. É importante que ela siga algumas regras para que a leitura seja fácil e de rápido entendimento:

  • utilize uma fonte grande (por exemplo: Arial, tamanho14);
  • a 1º frase de uma notícia deve ser forte e escrita em ordem direta;
  • escreva os números por extenso;
  • faça frases curtas e objetivas, de rápida compreensão;
  • perguntas devem ser sinalizadas com um (?) antes;
  • evite cacófatos.

Com esses cuidados, o locutor conseguirá ler o texto sem dificuldades.

Prepare sua equipe

As equipes de produção e de apresentação precisam ser bem escolhidas.

Os profissionais devem ter o domínio de microfones e de todo o aparato de som necessário para uma transmissão de qualidade. Já os apresentadores devem ter uma boa interação entre si e com os ouvintes.

Para um programa de entretenimento, escolha pessoas que saibam lidar com a audiência com carisma e profissionalismo, que façam com que os ouvintes se sintam em uma roda de conversa.

Mesmo que o tema seja jornalístico, essa boa interação entre os locutores é essencial para que o programa mantenha o ritmo o tempo inteiro.

Toda as equipes devem estar alinhadas com o script.

Fale naturalmente

Essa é a técnica que a maioria dos locutores de sucesso leva adiante: se seu programa não é de humor, não force a fala. Diga tudo naturalmente, conversando com seu ouvinte. Fazer uma voz engraçadinha ou mudá-la para fazê-la parecer mais grossa ou fina (de uma forma artificial) vai espantar o público. Evite.

Além disso, sempre que possível, repita para seu público qual o nome do programa, o assunto do dia, o nome do convidado (se houver) e do locutor. Como a mudança de ouvintes é constante, ele precisa saber em qual programa está parando. Obviamente faça isso com moderação.

Divulgue seu programa nas redes sociais

Você pode até achar que seu público não está presente nas redes sociais, mas, sim, ele está! E nada melhor do que interagir com ele e divulgar novidades e promoções.

Use hashtags, poste sobre o tema do dia, responda as dúvidas deixadas nos comentários e faça vídeos mostrando os bastidores de seu programa. Essas iniciativas têm ajudado a renovar o público do rádio e a fidelizar os mais antigos.

Com cuidado, organização e planejamento, seu programa de rádio tem tudo para ser um sucesso. E lembre-se: faça tudo com carinho para seu ouvinte. É ele quem vai trazer o reconhecimento de seu trabalho.

Fonte: maxcast.com.br

Tags::

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.