Aquecimento vocal

Aquecimento vocal

Embora muitos locutores fazem, ou tentam aquecer a voz, o aquecimento vocal correto é indispensável pra garantir uma voz potente.

Por isso vamos relatar aqui, tipos de aquecimento vocal para que possam fazer da forma correta. Uma vez aprendido jamais esquecido. Além disso, sua voz é seu cartão de visitas em sua rádio.

Então vamos lá, preparados?

I- Aquecer a voz
  • trrrrrrrrr
  • v………………………………………….
  • z………………………………………….
  • j…………………………………………..
  • m…………………………………………..                            Exercícios vocais
II- Desaquecer a voz
  • m…………………………………………..
  • bocejos
  • relaxamentos específicos de pescoço
III- Exercícios para treinar voz e respiração

Falar [AAAAAAAAAAAA] variando posição de cabeça e pescoço:

  • equilibrada
  • tombada pra trás
  • tombada pra frente
  • lateral direita
  • lateral esquerda
  • com cotovelo apoiado na carteira
  • ereto com muita tensão nas costas
  • com queixo próximo ao peito
  • equilibrada novamente

IV- Articulação dos Sons

Emitir sons prolongados as sequências de vogais, exagerando a articulação:

  • ã e i õ u
  •  i…u
  • a…e…i…o…u…o…i…e…a
  • a…ã…a…ã…a…ã…a…ã…
  • o…i…o…i…o…i…o…i
  • pa   ba  .ma  pa   ba  ma  pa  ba  ma….
  • pe be me pe be me pe be me…
  • ta da na ta da na ta da na…
  • ca ga nha ca ga nha ca ga nha…
  • que gue nhe que gue nhe….
  • la ra rra la ra rra la ra rra…
  • va za ja va za ja va za ja…
  • teleteleteleteleteleteleteletele
  • tilitilitilitilitilitilitilitilitiliti
  • dolodolodolodolodolodolo
  • tereteretereteretereteretere
  • turuturuturuturuturuturuturu
  • daradaradaradaradaradara
  • diridiridiridiridiridiridiridiri
  • sezesezesezesezesezeseze
  • zusuzusuzusuzusuzusuzusuz
  • favafavafavafavafavafavafa
  • fovofovofovofovofovofovo
  • chejechejechejechejecheje
  • chujuchujuchujuchujuchuju
  • paraparaparaparaparapara
  • berebereberebereberebere
  • pra tra cra pra tra ca
  • bre dre gre bre dre gre
  • fri vri fri vri fri vri fri vri fri
  • fru vru fru vru fru vru
  • pra pre pri pro pru
  • bra bre bri bro bru
  • cra cre cri cro cru
  • gra gre gri gro gru
  • fra fre fri fro fru
  • tra tre tri tro tru
  • dra dre dri dro dru
  • palapalapalapalapala
  • bilibilibilibilibilibilibili
  • tolotolotolotolotolo
  • duluduluduluduludu
  • quelequelequeleque
  • guiliguiliguiliguiliguili
  • velevelevelevelevele
  • bla ble bli blo blu
  • tla tle tli tlo tlu
  • pla ple pli plo plu
  • cla cle cli clo clu
  • dla dle dli dlo dlu
  • pla tla cla pla tla cla
  • ble dle gle ble dle gle
  • gl gle gli glo glu
V- Relaxamento Bucal

1) Relaxamento Triangular
Circular a cabeça para a direita e para a esquerda
Circular a cabeça horizontal, lateral, vertical

2) Relaxamento dos músculos do rosto
Agilização de todas as partes do rosto fazendo caretas

3) Relaxamento Diafragmático
Movimentação do Baixo Ventre
Falar movimentando o diafragma pronunciando as vogais a ,e, i , o, u.

4) Relaxamento das Cordas Vocais
Cantarolar uma música de forma anasalada.

VI- Exercícios para Sibilação:

Na sibilação, a língua não é colocada por trás dos dentes. Com esses exercícios você deverá forçar a o máximo a colocação por trás dos mesmos.

  • Zi…Si.
  • Ji..Chi
  • Gui…Qui

VII- Exercícios para problemas de articulação do R

  • baR-baR-baR
  • peR-perR-peR
  • xaR-xaR-xaR
  • Terê-Terê-Terê–Trê-Trê
  • Coró-Coró-Coró-Cró-Cró
VIII- Exercícios Terapêuticos

Diários para Relaxamento antes de Falar:

Emitir de forma suave com baixa intensidade as sílabas que se seguem

  • :..ME..TRÚ..VÊ…ZÊ…JÊ

Enfim, comece a fazer os exercícios de forma linear, após repeti-los de forma ondulada.

Assim, terão grandes resultados em sua voz, que, consequentemente fará uma grande diferença nas sua locuções.

Por enquanto é isso pessoal, até a próxima!

 

Tudo sobre a nossa Voz

A nossa voz
Tudo sobre a nossa voz – Qualidade vocal | Web Rádio Grátis
Definição

A voz é a ferramenta de comunicação mais primária e mais imediata que dispomos para interagir na sociedade, pois ela não requer qualquer acessório nem mecanismo especial para ser utilizada.

A voz é um elemento de fundamental importância, porque por meio dela observamos as emoções, sensações e intenções, se as pessoas estão alegres, tristes, apresadas, seguras.

Por intermédio dela que as pessoas também revelam seu entusiasmo, cansaço, ansiedade, estado de humor, interferindo de modo decisivo na eficácia de nossa comunicação social ou profissional e determinando a própria personalidade e o estado de espírito de quem fala, pois a voz sofre muita influência de hormônios e de nossas emoções. Além disso, a voz pode indicar a região que você nasceu ou recebeu educação.

O poder da voz

Um dos primeiros passos é reconhecer a voz que temos e identificar seus pontos fortes e frágeis através de uma auto-análise e da ajuda do fonoaudiólogo.

Essa avaliação pode ser feita por meio de uma gravação de preferência com imagem e som. A partir daí é extremamente importante aperfeiçoá-la em sua expressividade, pois somos julgados e avaliados a cada instante da nossa vida, também pelos sons que emitimos. Precisamos buscar uma voz que agrade nossos ouvidos e os ouvidos alheios. O que falamos é importante, mas o que dá credibilidade à mensagem são a harmonia e a coerência entre o que se diz e a forma como a voz transmite a informação.

A voz é importante para que a mensagem seja compreendida. No ambiente profissional, a voz pode nos ajudar em inúmeras situações. Em qualquer circunstância é possível transmitir confiança, liderança, credibilidade, assertividade. Não são raros os profissionais com inúmeras qualidades, mas que não conseguem demonstrá-las por motivos associados à voz.

A capacidade de persuasão aumenta consideravelmente quando a voz é clara e bem definida, isso intensifica a compreensão da mensagem.

Quando queremos falar em um tom mais grave ou aveludado, utilizamos a região do tórax onde ressoam os tons graves e médios, já os timbres mais altos, ressoam na região da face, onde os tons agudos se amplificam, dando uma aparência mais jovial a fala. Caso sua apresentação dure mais de 03 minutos é necessário modular o volume vocal falar mais alto e mais baixo, mais depressa e mais devagar.

Por meio da voz traduzimos quem somos o que sentimos e como enxergamos o mundo. Por meio dela é possível detectar as sombras e a luminosidade de cada um. A voz é uma arma poderosa. Cuidemos da voz como quem afina um instrumento precioso, pois investindo no aprimoramento vocal teremos maiores condições de sucesso profissional!

Como a voz é produzida

A voz é produzida por meio do ar que vem dos pulmões e que ao chegar à laringe, faz as pregas vocais vibrarem.

Na laringe as pregas vocais estão na posição horizontal. Quando respiramos, elas estão afastadas. Ao falarmos, elas aproximam-se e vibram.

A laringe não é o único órgão responsável pela voz. Depois de passar por ela, a voz passa pelas cavidades da garganta, da boca e do nariz, que funcionam como alto-falantes. Após essa amplificação, o som é modificado pelas estruturas da língua, dos lábios, dos dentes e do palato, dando origem às palavras.

Aspectos da voz

A voz está associada à fala, na realização da comunicação verbal, e pode variar quanto à intensidade, altura, inflexão, ressonância, freqüência, articulação, entonação e muitas outras características.

  • Intensidade Vocal – é um parâmetro físico e está relacionado com a amplitude da vibração e tensão das pregas vocais. Assim, durante a comunicação em conversações, aulas, palestras, atividades teatrais, locução profissional, canto entre outras atividades que requerem o uso da voz é necessário observar o público-alvo a quem se destina à mensagem; nesse sentido não se pode gritar diante de três pessoas, nem sussurrar diante de uma multidão. Devem se verificar o número de participantes e o ambiente físico.
  • Ressonância – a ressonância consiste no esforço de sons de determinadas freqüências e o amortecimento de outras; é a vibração do ar dentro das caixas de ressonância, visando modelar e projetar o som no espaço. A ressonância é responsável pela identificação da voz de cada falante, já que fornece as características particulares de cada individuo. As caixas de ressonância são: laringe, faringe, cavidade oral e nasal e seios paranasais. O ideal é ter uma ressonância equilibrada entre todas cavidades. Conforme o aparecimento de uma concentração de ressonância em uma determinada cavidade podem-se encontrar focos de ressonância. Um exemplo é o foco hipernasal, gerando a “voz fanhosa”.
  • Entonação – é a variação do tom usado durante a fala. Por meio dela pode-se valorizar o conteúdo e ressaltar o significado. Usamos a entonação, por exemplo, para expressar surpresa ou ironia, e mais comumente para distinguir uma declaração de uma interrogação.
  • Qualidade vocal – era anteriormente conhecida como timbre da voz. É a característica final e geral de uma voz. É com esse aspecto que se conclui uma avaliação perceptiva de voz. É um termo utilizado para nomear o conjunto das características que diferenciam uma voz da outra. Os tipos de qualidade da voz são diversos: voz rouca, soprosa, áspera, tensa, trêmula etc.
A voz pode ser modificada

A voz reflete o desenvolvimento físico e a qualidade vocal reflete as características individuais, e o meio social em que se insere o indivíduo. A literatura descreve um aumento na incidência de disfonia devido a pressões da vida diária e padrões educacionais exigentes. A susceptibilidade psicológica dos adolescentes unida a fatores ambientais, pode ser causa da puberfonia ou muda vocal incompleta, considerada um distúrbio vocal psicogênico, o qual responde de maneira favorável a fonoterapia. Embora raras, as causas orgânicas também devem ser descartadas.

A voz pode modificar-se de acordo com o conteúdo afetivo e com a necessidade que a provoca. Pode-se manipular o mundo com ações e reações através de nosso apelo vocal.

A voz pode ser mudada, trabalhada e melhorada, sem mágica, apenas desenvolvendo habilidades. Podemos modificar e melhorar todos os aspectos relacionados à voz, como volume, intensidade, ressonância e timbre.

Saúde vocal

Saúde vocal e seus efeitos.

Alguns cuidados básicos devem ser seguidos por todos, caso queiram ter uma saúde vocal perfeita, principalmente pelos que usam a voz como ferramenta de trabalho.
Esses cuidados auxiliam na preservação da saúde vocal.

Para ter uma boa voz, é preciso uma boa saúde vocal isso significa ter uma voz clara, e limpa, emitida sem esforço e agradável ao ouvinte.

Mas, então, o que fazer pra manter uma voz saudável? Vamos aos cuidados.

  • Beber muita água ( em temperatura ambiente ) em pequenos goles, enquanto estiver falando. Um corpo permanentemente hidratado significa pregas vocais hidratadas e com melhor flexibilidade e vibração. O ideal é ingerir de 7 a 8 copos por dia, porem, a cor da urina (clara) pode auxiliar no controle de uma hidratação adequada.
  • Alimentação equilibrada, sem grande número de horas em jejum, mastigando bem cada alimento a ser ingerido.
  • Coma maçã, pois é adstringente e limpa o trato vocal. Além disso, sua mastigação exercita a musculatura responsável pela articulação das palavras.
  • Roupas leves e folgadas são idéias para quem trabalha com a voz. Sapatos confortáveis favorecem a postura correta.
  • Ter um sono regular, momentos de laser e atividades físicas adequadas, contribuem também para uma boa produção vocal.
  • Respirar sempre corretamente, levando ar até o abdômen e expandindo as costelas. Não eleve os ombros e o peito como se fosse um pombo. E o abdômen que tem de se expandir como se estivesse cheio de ar.
  • Manter uma  postura ereta enquanto estiver falando com a cabeça relaxada.
  • Evite competir com ruídos externos durante a fala. Fique atento a eles e procure não aumentar o volume de sua voz na tentativa de superá-los.
  • Tente não gritar.
  • Fale pausadamente e de maneira correta, articulando bem as palavras, mas sem exagero.
  • Ter audição normal é importante, pois o monitoramento vocal é realizado pela audição.
  • Ao sentir vontade de tossir ou pigarrear, respire profundamente pelo nariz e engula a saliva várias vezes ou beba água, pois essas ações provocam um forte atrito nas pregas vocais, irritando-as.
  • Para diminuir a tensão na região dos ombros e do pescoço, boceje e espreguice diversas vezes ao dia. Isso é muito relevante, acredite!
  • Após o uso intenso da voz, procure permanecer em repouso vocal por algum tempo.
  • Outro fator importante é o ambiente de trabalho.Uma voz saudável é resultado de cuidados individuais e de ações ambientas.
    Então é isso por hoje. Fique atento a Parte II desse conteúdo.
    Até mais!!!

10 Dicas de aquecimento vocal

E aí caro leitor, tudo bem?

Antes de continuar, gostaria de pedir para ajudar no crescimento do nosso projeto, compartilhando, curtindo, comentando. Isso nos ajudará a manter o projeto no ar.

 

1. Fazer vibração com a língua pronunciando o “R”: vai ajudar na pronúncia das palavras.
2. Inspirar e expirar profundamente o ar: relaxa e facilita na projeção vocal.
3. Fazer o som o “A,E,I,O,U” aumentando gradativamente: auxilia nas entonações.
4. Fazer o som nasal do “M” com a mão na cabeça para vibrar o crânio: melhora a projeção vocal.
5. Circular a língua dentro da boca no sentido horário e anti-horário: fortalece a língua e diminui o esforço vocal durante a fala.
6. Fazer caretas, movimentar o maxilar e a língua: relaxa.
7. Articular palavras com uma caneta entre os dentes: melhora a respiração e a articulação.
8. Cantarolar uma música de ninar: aquece os músculos e acalma.
9. Espreguiçar, jogar o corpo pra baixo e bocejar: auxilia na projeção vocal e alivia tensões.
10. Mascar chiclete (ou simular a mastigação): aumenta a resistência da fala prolongada
Tem mais alguma dica?