Aquecimento vocal

Aquecimento vocal

Embora muitos locutores fazem, ou tentam aquecer a voz, o aquecimento vocal correto é indispensável pra garantir uma voz potente.

Por isso vamos relatar aqui, tipos de aquecimento vocal para que possam fazer da forma correta. Uma vez aprendido jamais esquecido. Além disso, sua voz é seu cartão de visitas em sua rádio.

Então vamos lá, preparados?

I- Aquecer a voz
  • trrrrrrrrr
  • v………………………………………….
  • z………………………………………….
  • j…………………………………………..
  • m…………………………………………..                            Exercícios vocais
II- Desaquecer a voz
  • m…………………………………………..
  • bocejos
  • relaxamentos específicos de pescoço
III- Exercícios para treinar voz e respiração

Falar [AAAAAAAAAAAA] variando posição de cabeça e pescoço:

  • equilibrada
  • tombada pra trás
  • tombada pra frente
  • lateral direita
  • lateral esquerda
  • com cotovelo apoiado na carteira
  • ereto com muita tensão nas costas
  • com queixo próximo ao peito
  • equilibrada novamente

IV- Articulação dos Sons

Emitir sons prolongados as sequências de vogais, exagerando a articulação:

  • ã e i õ u
  •  i…u
  • a…e…i…o…u…o…i…e…a
  • a…ã…a…ã…a…ã…a…ã…
  • o…i…o…i…o…i…o…i
  • pa   ba  .ma  pa   ba  ma  pa  ba  ma….
  • pe be me pe be me pe be me…
  • ta da na ta da na ta da na…
  • ca ga nha ca ga nha ca ga nha…
  • que gue nhe que gue nhe….
  • la ra rra la ra rra la ra rra…
  • va za ja va za ja va za ja…
  • teleteleteleteleteleteleteletele
  • tilitilitilitilitilitilitilitilitiliti
  • dolodolodolodolodolodolo
  • tereteretereteretereteretere
  • turuturuturuturuturuturuturu
  • daradaradaradaradaradara
  • diridiridiridiridiridiridiridiri
  • sezesezesezesezesezeseze
  • zusuzusuzusuzusuzusuzusuz
  • favafavafavafavafavafavafa
  • fovofovofovofovofovofovo
  • chejechejechejechejecheje
  • chujuchujuchujuchujuchuju
  • paraparaparaparaparapara
  • berebereberebereberebere
  • pra tra cra pra tra ca
  • bre dre gre bre dre gre
  • fri vri fri vri fri vri fri vri fri
  • fru vru fru vru fru vru
  • pra pre pri pro pru
  • bra bre bri bro bru
  • cra cre cri cro cru
  • gra gre gri gro gru
  • fra fre fri fro fru
  • tra tre tri tro tru
  • dra dre dri dro dru
  • palapalapalapalapala
  • bilibilibilibilibilibilibili
  • tolotolotolotolotolo
  • duluduluduluduludu
  • quelequelequeleque
  • guiliguiliguiliguiliguili
  • velevelevelevelevele
  • bla ble bli blo blu
  • tla tle tli tlo tlu
  • pla ple pli plo plu
  • cla cle cli clo clu
  • dla dle dli dlo dlu
  • pla tla cla pla tla cla
  • ble dle gle ble dle gle
  • gl gle gli glo glu
V- Relaxamento Bucal

1) Relaxamento Triangular
Circular a cabeça para a direita e para a esquerda
Circular a cabeça horizontal, lateral, vertical

2) Relaxamento dos músculos do rosto
Agilização de todas as partes do rosto fazendo caretas

3) Relaxamento Diafragmático
Movimentação do Baixo Ventre
Falar movimentando o diafragma pronunciando as vogais a ,e, i , o, u.

4) Relaxamento das Cordas Vocais
Cantarolar uma música de forma anasalada.

VI- Exercícios para Sibilação:

Na sibilação, a língua não é colocada por trás dos dentes. Com esses exercícios você deverá forçar a o máximo a colocação por trás dos mesmos.

  • Zi…Si.
  • Ji..Chi
  • Gui…Qui

VII- Exercícios para problemas de articulação do R

  • baR-baR-baR
  • peR-perR-peR
  • xaR-xaR-xaR
  • Terê-Terê-Terê–Trê-Trê
  • Coró-Coró-Coró-Cró-Cró
VIII- Exercícios Terapêuticos

Diários para Relaxamento antes de Falar:

Emitir de forma suave com baixa intensidade as sílabas que se seguem

  • :..ME..TRÚ..VÊ…ZÊ…JÊ

Enfim, comece a fazer os exercícios de forma linear, após repeti-los de forma ondulada.

Assim, terão grandes resultados em sua voz, que, consequentemente fará uma grande diferença nas sua locuções.

Por enquanto é isso pessoal, até a próxima!

 

Alimentos que são amigos da voz

Sabemos que a voz precisa de cuidados e, um desses cuidados é alimentação. Existem alimentos que são amigos da voz, é o que vamos ver nesse post.

Além de ser um canal para a fala, a voz revela nossas emoções e sentimentos. Quando ficamos nervosos, por exemplo, ela costuma ficar mais aguda. Por isso, é importante cuidar bem da garganta e do nariz, para evitar rouquidão e afonias.

Aqui vão dicas de alimentos que irão ajudar a sua voz:
• Invista em alimentos como maçã e frutas cítricas;
• Aposte em alimentos ricos em água, que hidratam a boca e a garganta;
• Sucos também ajudam a hidratar, mas consuma com moderação;
• O consumo de chás (de flores, frutas, camomila, erva-doce, entre outros) também beneficia a saúde vocal;
• Beba bastante água ao longo do dia;
• Para saber a quantidade de água ideal para o seu corpo, multiplique seu peso por 30. O resultado será a quantidade de água adequada por dia, em mililitros (mL). Por exemplo: uma pessoa que pese 50 kg (50 kg x 30 = 1.500 mL) deve consumir cerca de 1,5 litros de água por dia;
• Para manter a boca e a garganta hidratadas, ponha algumas gotas de limão na água que você for beber. O limão combate a sensação de “boca seca”.
 A voz

Enfim, essas são alguns dos cuidados que precisamos ter com nossa voz, portanto faça disso um hábito e terá êxito.

Então é isso, até a próxima!

 

Tipos de vozes


Tipos de vozes

Existem muitos tipos de vozes, cada qual em seu lugar. Você sabe qual é o seu tipo de voz ?

Qual seria enfim a voz mais adequada para cada tipo de locução?
Quando falamos ou pensamos em um locutor, temos em mente alguém com voz grave e de timbre forte.
Todavia este conceito de um modo geral está um pouco ultrapassado. Repare que os grandes locutores de rádio e TV, buscam se aproximar cada vez mais do ouvinte, ou telespectador. Usando uma linguagem mais solta, descontraída, com um timbre de voz, que não impõe aquele tom autoritário e infalível. Dos antigos locutores, que carregavam nos “R” e “S” em suas locuções. É claro que não quero dizer com isso que uma voz grave, aveludada, bem timbrada, não tenha seu valor. Ao contrário, a voz grave ainda hoje é muito procurada. Contudo para determinados trabalhos, as vozes no tom médio são mais adequadas. Soam mais simpáticas, e jovens.

Por exemplo: anúncios de refrigerantes, chamadas de programas esportivos, programas de rádio para jovens, anúncios de material esportivo, ou qualquer produto voltado para o público jovem.
A voz de timbre grave, é mais própria para anúncios que necessitem de um tom mais sóbrio, que passe credibilidade, maturidade.

Por exemplo: Campanhas do Governo ou políticas, Anúncios de Instituições Financeiras, Campanhas de conscientização da população, anúncios de quaisquer produtos voltados a um público adulto ou de melhor poder aquisitivo.

Classificação Vocal

Você já fez algum teste, para saber qual a sua classificação vocal, qual é o seu tipo de voz? Não podemos esquecer, que para adolescentes, não há como definir isso, pois a voz ainda está em formação.
Caso não, vamos descobrir agora. Existe uma classificação para as vozes masculinas e femininas, indo da mais aguda à mais grave.

# Mulheres #

Soprano (voz mais aguda/clara)

Mezzo-Soprano (mezzo quer dizer meio e é a voz intermediária, entre soprano e contralto)

Contralto (voz mais grave/escura).

# Homens #

Tenor (voz mais aguda/clara)

Barítono (voz intermediária entre Tenor e Baixo)

Baixo (voz mais grave/escura, com mais peso).

E então, conseguiu achar sua voz? Espero que tenha ajudado, até a próxima!

Respiração

RespiraçãoSerá que sabemos respirar corretamente? As pessoas que trabalham com a voz precisam dominar uma técnica bem mais apurada de respiração . Estamos acostumadas a inspirar inflando de ar apenas a parte superior dos pulmões. Deixando de aproveitar melhor a capacidade dos foles pulmonares. Por conseqüência, a produção do som fica sensivelmente prejudicada, uma vez que, é o ar emitido sobre as pregas vocais, que as fazem vibrar produzindo o som , que ressoa em nosso tórax e crânio, dando um timbre especial e único para cada pessoa .

Quando estamos fazendo locução, devemos ter total controle da respiração. De acordo com o texto, você vai precisar de mais, ou menos quantidade de ar para realizar a leitura, onde com certeza encontrará frases curtas, e frases longas que devem ser feitas num só fôlego.

Durante a locução ou canto, a respiração deve ser feita da seguinte forma:
  • ·Encha os pulmões de ar, de preferência pelo nariz, principalmente em ambientes abertos ou frios. Faça-o dilatando o diafragma para baixo, de modo que sua barriga pareça encher-se de ar.
    ·Você notará que a parte superior dos seus pulmões, também se inflará, porém de forma correta. Ou seja, somente no final de sua inspiração. Isto quer dizer, que você conseguiu inflar todo o seu pulmão.
    É claro que você não vai fazer nenhum mergulho em profundidade. Entretanto, é necessário que as pessoas que trabalham com a voz, dominem esta técnica. Dosando a quantidade de ar a ser inspirado, de acordo com a frase a ser lida ou cantada.

ÁREAS DE RESSONÂNCIA – São as regiões ocas do nosso corpo onde o som se amplifica. As principais são: pulmões (ressoa notas graves e médias) e cabeça (ressoa notas agudas pela região nasal).
É importante lembrar que todo o aparelho respiratório serve como ressonância para os sons, e para manter uma voz sempre brilhante e jovem, devemos buscar as ressonâncias da face.

Então pessoal, essa foi mais uma da nossa série do Manual do Locutor, te aguardo na próxima postagem hein!

 

Serviços de Streaming personalizados >> https://igrsistemas.com.br

Tudo sobre a nossa Voz

A nossa voz
Tudo sobre a nossa voz – Qualidade vocal | Web Rádio Grátis
Definição

A voz é a ferramenta de comunicação mais primária e mais imediata que dispomos para interagir na sociedade, pois ela não requer qualquer acessório nem mecanismo especial para ser utilizada.

A voz é um elemento de fundamental importância, porque por meio dela observamos as emoções, sensações e intenções, se as pessoas estão alegres, tristes, apresadas, seguras.

Por intermédio dela que as pessoas também revelam seu entusiasmo, cansaço, ansiedade, estado de humor, interferindo de modo decisivo na eficácia de nossa comunicação social ou profissional e determinando a própria personalidade e o estado de espírito de quem fala, pois a voz sofre muita influência de hormônios e de nossas emoções. Além disso, a voz pode indicar a região que você nasceu ou recebeu educação.

O poder da voz

Um dos primeiros passos é reconhecer a voz que temos e identificar seus pontos fortes e frágeis através de uma auto-análise e da ajuda do fonoaudiólogo.

Essa avaliação pode ser feita por meio de uma gravação de preferência com imagem e som. A partir daí é extremamente importante aperfeiçoá-la em sua expressividade, pois somos julgados e avaliados a cada instante da nossa vida, também pelos sons que emitimos. Precisamos buscar uma voz que agrade nossos ouvidos e os ouvidos alheios. O que falamos é importante, mas o que dá credibilidade à mensagem são a harmonia e a coerência entre o que se diz e a forma como a voz transmite a informação.

A voz é importante para que a mensagem seja compreendida. No ambiente profissional, a voz pode nos ajudar em inúmeras situações. Em qualquer circunstância é possível transmitir confiança, liderança, credibilidade, assertividade. Não são raros os profissionais com inúmeras qualidades, mas que não conseguem demonstrá-las por motivos associados à voz.

A capacidade de persuasão aumenta consideravelmente quando a voz é clara e bem definida, isso intensifica a compreensão da mensagem.

Quando queremos falar em um tom mais grave ou aveludado, utilizamos a região do tórax onde ressoam os tons graves e médios, já os timbres mais altos, ressoam na região da face, onde os tons agudos se amplificam, dando uma aparência mais jovial a fala. Caso sua apresentação dure mais de 03 minutos é necessário modular o volume vocal falar mais alto e mais baixo, mais depressa e mais devagar.

Por meio da voz traduzimos quem somos o que sentimos e como enxergamos o mundo. Por meio dela é possível detectar as sombras e a luminosidade de cada um. A voz é uma arma poderosa. Cuidemos da voz como quem afina um instrumento precioso, pois investindo no aprimoramento vocal teremos maiores condições de sucesso profissional!

Como a voz é produzida

A voz é produzida por meio do ar que vem dos pulmões e que ao chegar à laringe, faz as pregas vocais vibrarem.

Na laringe as pregas vocais estão na posição horizontal. Quando respiramos, elas estão afastadas. Ao falarmos, elas aproximam-se e vibram.

A laringe não é o único órgão responsável pela voz. Depois de passar por ela, a voz passa pelas cavidades da garganta, da boca e do nariz, que funcionam como alto-falantes. Após essa amplificação, o som é modificado pelas estruturas da língua, dos lábios, dos dentes e do palato, dando origem às palavras.

Aspectos da voz

A voz está associada à fala, na realização da comunicação verbal, e pode variar quanto à intensidade, altura, inflexão, ressonância, freqüência, articulação, entonação e muitas outras características.

  • Intensidade Vocal – é um parâmetro físico e está relacionado com a amplitude da vibração e tensão das pregas vocais. Assim, durante a comunicação em conversações, aulas, palestras, atividades teatrais, locução profissional, canto entre outras atividades que requerem o uso da voz é necessário observar o público-alvo a quem se destina à mensagem; nesse sentido não se pode gritar diante de três pessoas, nem sussurrar diante de uma multidão. Devem se verificar o número de participantes e o ambiente físico.
  • Ressonância – a ressonância consiste no esforço de sons de determinadas freqüências e o amortecimento de outras; é a vibração do ar dentro das caixas de ressonância, visando modelar e projetar o som no espaço. A ressonância é responsável pela identificação da voz de cada falante, já que fornece as características particulares de cada individuo. As caixas de ressonância são: laringe, faringe, cavidade oral e nasal e seios paranasais. O ideal é ter uma ressonância equilibrada entre todas cavidades. Conforme o aparecimento de uma concentração de ressonância em uma determinada cavidade podem-se encontrar focos de ressonância. Um exemplo é o foco hipernasal, gerando a “voz fanhosa”.
  • Entonação – é a variação do tom usado durante a fala. Por meio dela pode-se valorizar o conteúdo e ressaltar o significado. Usamos a entonação, por exemplo, para expressar surpresa ou ironia, e mais comumente para distinguir uma declaração de uma interrogação.
  • Qualidade vocal – era anteriormente conhecida como timbre da voz. É a característica final e geral de uma voz. É com esse aspecto que se conclui uma avaliação perceptiva de voz. É um termo utilizado para nomear o conjunto das características que diferenciam uma voz da outra. Os tipos de qualidade da voz são diversos: voz rouca, soprosa, áspera, tensa, trêmula etc.
A voz pode ser modificada

A voz reflete o desenvolvimento físico e a qualidade vocal reflete as características individuais, e o meio social em que se insere o indivíduo. A literatura descreve um aumento na incidência de disfonia devido a pressões da vida diária e padrões educacionais exigentes. A susceptibilidade psicológica dos adolescentes unida a fatores ambientais, pode ser causa da puberfonia ou muda vocal incompleta, considerada um distúrbio vocal psicogênico, o qual responde de maneira favorável a fonoterapia. Embora raras, as causas orgânicas também devem ser descartadas.

A voz pode modificar-se de acordo com o conteúdo afetivo e com a necessidade que a provoca. Pode-se manipular o mundo com ações e reações através de nosso apelo vocal.

A voz pode ser mudada, trabalhada e melhorada, sem mágica, apenas desenvolvendo habilidades. Podemos modificar e melhorar todos os aspectos relacionados à voz, como volume, intensidade, ressonância e timbre.

Dicas para cuidar da voz

Clique em qualquer botão de rede social e compartilhe.. 😀


Cuidados básicos que auxiliam a preservar a saúde vocal, prevenindo alterações e doenças vocais devem ser seguidos por todos, principalmente pelos que utilizam mais a voz ou com tendência a apresentar alterações vocais.

Para ter uma boa voz, é preciso uma boa saúde vocal e ter boa saúde vocal significa ter uma voz clara, e limpa, emitida sem esforço e agradável ao ouvinte.

O que fazer para manter a voz saudável?

Dicas para cuidar da voz
Dicas para cuidar da voz
  • Beba bastante água(em temperatura ambiente) enquanto estiver falando, em pequenos goles. Um corpo permanentemente hidratado significa pregas vocais hidratadas e com melhor flexibilidade e vibração. O ideal é ingerir de 7 a 8 copos por dia, porem, a cor da urina (clara) pode auxiliar no controle de uma hidratação adequada.
  • Preocupe-se em manter uma alimentação equilibrada, sem grande numero de horas em jejum, mastigando bem cada alimento a ser ingerido.
  • Coma maçã, pois é adstringente e limpa o trato vocal. Além disso, sua mastigação exercita a musculatura responsável pela articulação das palavras.
  • Use roupas confortáveis e de tecidos que absorvam a transpiração. Roupas leves e folgadas são idéias para quem trabalha com a voz. Sapatos confortáveis favorecem a postura correta.
  • Sono regular, momentos de lazer e atividades físicas adequadas também contribuem para uma boa produção vocal.
  • Procure respirar sempre corretamente, levando ar até o abdômen e expandindo as costelas. Não eleve os ombros e o peito como se fosse um pombo. E o abdômen que tem de se expandir como se estivesse cheio de ar.
  • Enquanto estiver falando, mantenha a postura de corpo ereta, no eixo, porem relaxada, principalmente a cabeça.
  • Evite competir com ruídos externos durante a fala. Fique atento a eles e procure não aumentar o volume de sua voz na tentativa de superá-los.
  • Tente não gritar. Se for possível, opte sempre pelo microfone ao falar em publico.
  • Fale pausadamente e de maneira correta, articulando bem as palavras, mas sem exagero.
  • Ter audição normal é importante, pois o monitoramento vocal é realizado pela audição.
  • Ao sentir vontade de tossir ou pigarrear, respire profundamente pelo nariz e engula a saliva várias vezes ou beba água, pois essas ações provocam um forte atrito nas pregas vocais, irritando-as.
  • Para diminuir a tensão na região dos ombros e do pescoço, boceje e espreguice diversas vezes ao dia.
  • Após o uso intenso da voz, procure permanecer em repouso vocal por algum tempo.
  • Outro fator importante é o ambiente de trabalho. Procure discutir com seus colegas e chefes meios que possibilitem um ambiente de trabalho agradável, capaz de diminuir a tensão e favorecer o diálogo. Uma voz saudável é resultado de cuidados individuais e de ações ambientas.

Os inimigos da voz

  • Cigarro e qualquer tipo de droga irritam a mucosa do trato vocal e aumentam a sensação de pigarro, podendo causar alterações nas pregas vocais.
  • Bebidas alcoólicas devem ser evitadas. Alem de irritarem a mucosa do trato vocal, têm efeito anestésico, que mascara a dor de garganta. As bebidas destiladas são mais prejudiciais que as fermentadas.
  • Sprays, pastilhas e dropes também têm efeito anestésico, mascarando sintomas e permitindo o abuso vocal.
  • Alergias são consideradas prejudiciais à voz. Substancia como fumaça e poeira devem ser evitadas por pessoas alérgicas. As alterações psíquicas podem desencadear crises à medida que aumentam a sensibilidade do organismo, causada pela diminuição das defesas.
  • As mudanças bruscas de temperatura são prejudiciais à voz. As bebidas geladas ou muito quentes também produzem choque térmico no organismo.
  • Bebidas à base de cafeína, refrigerantes, frituras e alimentos pesados, gordurosos ou condimentados podem dificultar a digestão, provocando refluxo gastresofágico. Se você possui tendência à azia e má digestão, evite essas substancias. A “queimação” pode chegar às pregas vocais e irrita-las.
  • Pessoas com predisposição a alterações vocais devem evitar chocolate, leite e derivados antes do uso intenso da voz. Esses alimentos aumentam a secreção do muco no trato vocal, o que induz à produção de pigarro.
  • Ambientes com ar condicionado também devem ser evitados. Nesse caso, o resfriamento é feito com redução da umidade do ar, o que resseca a mucosa do trato vocal, prejudicando a voz.
  • Alguns medicamentos interferem na produção vocal. Evite a automedicação. Cuidado com receitas caseiras (gengibre, romã, vinagre e alho). Não há estudos que comprovem a eficácia desses produtos.
  • Ambiente de trabalho ruidoso, tenso e estressante é prejudicial à voz. Ele propicia tensão corporal e laríngea, e a emissão vocal, nessas condições, e feita com esforço, levando a um desgaste vocal.
  • Gritar constitui-se numas das atitudes mais agressoras para a laringe, pois nesse momento ocorre uma verdade “trombada” entre as pregas vocais. Por esse motivo, o grito deve ser evitado, ficando exclusivo para momento de perigo ou sobrevivência.
  • Cantar de maneira inadequada ou abusiva em videokês ou fazer parte de corais sem preparo vocal.
  • Falar durante os exercícios físicos: qualquer exercício de esforço muscular junto com a fala irá provocar sobrecarga na musculatura da laringe.

Estando livre das tensões e mantendo a respiração adequada à fala, o profissional deve verificar de que forma está articulando as palavras. Todos os órgãos móveis da boca, tais como, língua, bochechas, lábios, palato mole e mandíbula, devem ser bem articulados, produzindo os pontos articulatórios dos fonemas e a forma bucal das vogais de maneira correta.

É fundamental que haja harmonia entre a respiração e a articulação, para que a colocação da voz seja feita com naturalidade. Qualquer pessoa pode brincar com sua voz sem cometer esforço, desde que tenha um preparo.

Fonte: http://www.clubedafala.com.br

Explicação das diferenças na voz

Explicação das diferenças na voz

Explicação das diferenças na voz é o assunto desse post. Porque minha voz parece tão diferente numa gravação? O que acontece no ao vivo e na gravação?

Anteriormente vimos:
” Você já levou um susto ao ouvir sua voz em uma gravação? Com certeza chega a duvidar que é você que está falando. Contudo, lamento informar que, a voz que você ouve gravada, é de fato sua voz como ela é. Isto levando em conta, o tipo de mecanismo de gravação que você está usando (gravadores de fita, digitais, microfones, etc…).
A explicação desta notória diferença, entre a voz que você imagina ter, e a voz que realmente tem, está em nossa audição.
Ouvimos nossa voz ao falarmos por duas vias: uma via externa e outra interna.

Via interna : nossa cavidade torácica,e nosso crânio vibram ao emitirmos sons. O que dá impressão de que nossa voz é mais grave.

Via externa : o som se propaga pelo ar, emitindo ondas , que ao entrarem em contato com nossos ouvidos , fazem vibrar nossos tímpanos , levando a informação do som ao cérebro .

Por isso, temos a falsa impressão de que nossa voz, não é a que ouvimos em uma gravação. Entretanto, posso afirmar que é a que as pessoas ouvem.

Até a próxima, uma boa leitura.

Manual do locutor – Técnicas para entrevista

Manual do locutor – Técnicas para entrevista

Manual do locutor - Técnicas para entrevista

No Manual do locutor – Técnicas para entrevista, vamos aprender alguns exercícios para que possa ser perfeita a sua entrevista. Antes, porém, quero dizer que por motivos técnicos, não podemos postar ontem.

Portanto, estamos aqui agora, e sem mais delongas vamos ao episódio de hoje.

– Prepare-se, procurando conhecer bem seu entrevistado antecipadamente, através de releases divulgados à imprensa ou informações veiculadas pela mídia. Um artista que possua uma boa assessoria de imprensa, jamais se apresentará para uma entrevista sem um release, ou seja, um texto preparado para estas ocasiões, que contenha seu histórico e dados de sua carreira. Portanto, se preparar é o ponto chave aqui.

– Faça um roteiro da entrevista que contenha: o nome, uma breve apresentação do seu entrevistado, particularidades da pessoa assim como os motivos que a levaram a participar do seu programa;

– Procure fazer perguntas inteligentes, rápidas e objetivas;

– Cuide para que suas perguntas sejam abrangentes mas não extremamente explicativas,com o fim  de no final, você já ter dito o que o entrevistado lhe responderia.

Hiper articulando palavras ( silabação )
EXERCÍCIO 1: Pronunciar exageradamente cada sílaba das palavras no exercício a seguir:
1. O prestidigitador prestativo e prestatário, está prestes a prestar a prestidigitação prodigiosa e prestigiosa.
2. A prataria da padaria está na pradaria prateando prados prateados.
3. Branca branqueia as cabras brabas nas barbas das bruacas e bruxas branquejantes.
4. Trovas e trovões trovejam trocando quadros trocados entre os trovadores esquadrinhados nos quatro cantos.
5. As pedras pretas da pedreira de pedro pedreiras são os pedregulhos com que pedro apedrejou três pretas prenhas.
6. O grude da gruta gruda a grua da gringa que grita e, gritando, grimpa a grade da grota grandiosa.
7. No quarto do crato eu cato quatro cravos cravados no crânio da caveira do craveiro.
8. O lavrador é livre na palavra e na lavra, mas não pode ler o livro que o livreiro quer vender.
9. Fraga deflagra um drible, franco franqueia o campo, o povo se inflama e enfrenta o preclaro juri, que declara grave o problema
10. Quero que o clero preclaro aclare o caso de clara e declare que tecla se engana no que clama e reclama.
EXERCÍCIO 2: Para melhorar a dicção e a voz:
Em primeiro lugar, torno a dizer que o melhor exercício para os locutores  é a leitura em voz alta. Logo  que não seja uma leitura displicente, descomprometida.
Ao exercitarmos a leitura, devemos fazê-lo de forma totalmente compenetrada. Sempre articulando bem cada palavra. Tomando-se especial cuidados, por exemplo: com os “r”, “s” e com vogais e semi-vogais (negócio, culinária, ganância, escritório, nacional …), com os verbos terminados com a letra “m” ( levaram, foram, caíram, etc… ).
Como a leitura é algo que vai acompanhar o locutor por toda a vida , você terá de dominá-la , e não ser dominado por ela, praticando leitura diariamente, você passa a se sentir seguro ao fazer a locução de um texto, e descarta a preocupação de fazer uma leitura correta . Uma vez que você já domina esta técnica a partir daí você terá que se preocupar somente em interpretar, viver, vender o texto.
Existem exercícios de aquecimento, que podem ser feitos antes da locução, ou pouco antes de exercitar a leitura.

Nossa voz ressoa em duas regiões do nosso corpo no peito (tons médios e graves) , cabeça e face (tons agudos ). Por exemplo:

• Para aquecer a voz nos tons graves usamos a expressão ei. Sentindo o peito vibrar
Ei … , ei … , ei … , ei … , ei … ,ei … , ei … (tons graves)
• Nos tons médios usar a vogal sentindo o som entre o peito e a garganta
Aaa… , aaa… , aaa… , aaa… , aaa… , aaa… , aaa…
• Nos tons agudos usar a expressão humm , sentindo o som vibrar a face.
Hummm… , hummm… , hummm… , hummm…

Textos
Ao ler um texto, um profissional da voz segue alguns passos essenciais. Portanto atente-se a cada um desses passos para que consiga fazer uma boa leitura.
Primeiro passo:
Fazer uma leitura prévia do texto. Durante a leitura identificar palavras de difícil dicção, repassar pronúncias de palavras em outro idioma, verificar pontuações, escolher pontos apropriados para tomadas de ar.

Segundo passo:
Mostrar interesse pelo texto, entender o conteúdo do texto, captar a emoção predominante do texto, ex.clima tenso, alegre, romântico,jornalístico, etc..

Terceiro passo:
Identificar palavras de significado relevante, e durante a leitura dar destaque a estas palavras.

Quarto passo:
Começar a leitura de cada parágrafo do texto de forma diferente. Ou seja: um parágrafo você começa a ler com tom mais grave, outro com tom médio ou ainda outro em tom mais alto. Procure diversificar em cada parágrafo, não leia tudo de maneira uniforme.tente dar um colorido ao texto. É como costurar a mão um tecido. Se você faz leituras longas, como documentários, narrações, etc, e não aplica esta técnica, o ouvinte se cansará rápido de sua locução, por mais que seja interessante que seja o assunto.

DICAS:

Você sabe falar? Então repita rápido esta frase :

UM TIGRE, UM TRIGO, DOIS TIGRES, DOIS TRIGOS, TRÊS TIGRES, TRÊS TRIGOS…

DIFÍCIL NÉ… mais não impossível. Repita várias vezes devagar até começar a pegar prática.

Você já levou um susto ao ouvir sua voz em uma gravação?

Com certeza chega a duvidar que é você que está falando. Contudo, lamento informar que, a voz que você ouve gravada, é de fato sua voz como ela é. Isto levando em conta, o tipo de mecanismo de gravação que você está usando (gravadores de fita, digitais, microfones, etc…).

Então pessoal, espero muito que aproveitem esse post, porque aprender nuca é demais.

Até a próxima!

Manual do locutor – Locução e voz

Manual do locutor - Locução e voz

Manual do locutor – Locução e voz
Manual do locutor – Locução e voz é mais um episódio da nossa série. Da mesma forma que um atleta cuida de seu corpo, um locutor também precisa cuidar de sua voz. Mesmo porque, uma bela voz vem de tributos pessoais, da formação congênita de uma pessoa.
Mas, não devemos esquecer no entanto, que a boa comunicação pela voz não é feita apenas pôr um belo timbre e sim, pela técnica. Nesse manual você terá um amplo entendimento sobre isso.
Vimos anteriormente, que muitos fatores além da qualidade vocal, interagem no momento da locução. A pronúncia correta das palavras junto ao microfone, com boa dicção e articulação é uma delas.
A seguir anote algumas dicas que sempre funcionam:
  • Evite tomar líquidos excessivamente gelados de uma só vez
    O líquido em baixa temperatura, quando ingerido rapidamente, pode baixar suas defesas, devido a presença de uma flora bacteriana presente em sua traqueia. No momento da ingestão, que vai para o estômago, provoca um desequilíbrio térmico no interior do nosso corpo. –
    Isto faz com que o sangue e os glóbulos vermelhos, que são a defesa do organismo naquela região, sigam instantaneamente para o aparelho digestivo.

Isto provoca uma baixa resistência nas defesas da garganta que pode ser invadida pôr bactérias e vírus localizados naquela região, causando uma amigdalite, que vai provocar rouquidão.
Para evitar a origem destes problemas basta você ingerir líquidos gelados mais pausadamente, quebrando inicialmente a baixa temperatura na boca.

  • Evite tomar leite, iogurte, comer queijo, ou chocolate antes de entrar no ar.
    Não que prejudiquem sua voz, mas porque toda substância láctea quando ingerida, vai alterar o PH da sua saliva, deixando-a mais viscosa. Isto vai provocar pigarros devido a maior densidade da saliva ao umectar as cordas vocais durante a fonação.
  • Se você é fumante, saiba que o cigarro é um dos maiores inimigos da qualidade da sua voz. Pois existem partículas na fumaça que serão depositados nas cordas vocais causando constante irritação.
Tosses e pigarros estarão dividindo espaço com sua Locução.
  • Gargarejos diários com água morna e sal, acompanhados de meio copo de limão pela manhã, agem como preventivos das infecções de garganta, excessivamente prejudiciais ao locutor
Então pessoal, uma boa leitura, espero que absorvam o máximo possível deste manual do locutor – Locução e voz. No encontraremos logo mais no próximo episódio, Técnicas – Notícias.

Enfim, por hoje é isso, um abraço!

 

 

Exercício para a voz

Exercício para a voz usando frases com encontro consonantais


Olá, tudo bom?
Lembra que no post anterior nós falamos sobre exercício para a voz articulando bem as vogais?
No entanto, as consoantes tem, também, uma importante função tanto quanto as vogais.
Pois é, agora vamos ao exercício para a voz usando frases de difícil leitura, com encontros consonantais.
Para essa prática, te aconselho  a falar essas frase mordendo um lápis.
# O prestidigitador prestativo e prestatário está prestes a prestar a prestidigitação prodigiosa e prestigiosa.
# A prataria da padaria está na pradaria prateando prados prateados.
# Branca branqueia as cabras brabas nas barbas das bruacas e bruxas branquejantes.
# Trovas e trovões trovejam trocando quadros trocados entre os trovadores esquadrinhados nos quatro cantos.
# As pedras pretas da pedreira de Pedro pedreiras são os pedregulhos com que Pedro apedrejou três pretas prenhas.
# O grude da gruta gruda a grua da gringa que grita e , gritando , grimpa a grade da grota grandiosa.
# No quarto do crato eu cato quatro cravos cravados no crânio da caveira do craveiro.
# O lavrador é livre na palavra e na lavra , mas não pode ler o livro que o livreiro quer vender.
# Fraga deflagra um drible , franco franqueia o campo , o povo se inflama e enfrenta o preclaro juri , que declara grave o problema.
# Quero que o clero preclaro aclare o caso de clara e declare que tecla se engana no que clama e reclama.
# A flâmula flexível no florete do flibusteiro flutuava fluorescente na floresta de flandres.
# Na réplica a plebe pleiteia planos de pluralidade plausíveis na plataforma do diploma plenipotenciário.
# No tablado oblongo os emblemas das blusas das oblatas estavam obliterados pela neblina oblíqua.
# A hidra, a dríade e o dragão ladrões do dromedário do druida foram apedrejados.
# O lavrador lavrense estudou as livrinhas e as lavrascas no livro do livreiro de lavras.
# O pinguim banhou-se na água do aquário.
# O gato cruel cravou as garras no cangote do camundongo que comia crosta de cará na cumbuca          quebrada. O cão que cochilava acordou com o conflito e correu com o gato.
# Esse quadro representa a esquadra da Guanabara.
Então, achou difícil??No entanto, não impossível. Depois de algumas vezes treinando tenho certeza que irá falar melhor.
Compartilhe suas experiências com a gente, é muito relevante sua interação.
Um forte abraço, até a próxima!